Canção Nova, 35 anos de evangelização

Neste mês faço memória do apelo de monsenhor Jonas Abib, na Festa de Cristo Rei do Universo, em novembro de 1977. O padre nos convidou a fazer uma experiência de vida comunitária. Éramos jovens da diocese de Lorena e havíamos feito um encontro pessoal com Cristo. Assim nasceu a Comunidade Canção Nova com a missão de anunciar Jesus e Sua Vida Nova.

Entre os vários instrumentos de evangelização que Deus nos confiou, destaco a aquisição da geradora da TV Canção Nova, em Aracaju (SE), em 1997. Com a graça de Deus, atualmente, a Canção Nova abrange todo território nacional. Ao todo, são cinco geradoras educativas, 517 retransmissoras, além de sinal em TVs a cabo, parabólicas e DTH.

Recordo o que disse monsenhor Jonas ao começarmos nossa missão pela TV: “Deus deu uma missão à Canção Nova. Confiou-nos 100 milhões de brasileiros batizados, mas não evangelizados”. Foi aí que surgiu o Projeto Dai-me Almas. “Não se trata de uma campanha de marketing para conseguir sócios ou dinheiro e pagar à geradora. De jeito nenhum! Isso é missão, missão de evangelizar”, enfatizava Monsenhor e ainda nos acrescenta: “O Projeto Dai-me Almas está intimamente ligado à missão de Dom Bosco. Dizemos que toda Canção Nova é um projeto de Deus chamado ‘Dai-me almas’. Somos encarregados de dar a Deus essas almas. São ovelhas sem pastor; muitos estão perdidos, sem rumo na vida. A maioria desses batizados é: comerciante, profissional liberal, educador, homens e mulheres de todas as idades e classes sociais, porém não são evangelizados. É preciso anunciar o Amor de Deus a todos com a força e o poder do Espírito Santo como fez o apóstolo Paulo que se valeu de todos os dons carismáticos para alcançar a todos com o Evangelho”.

No ano de 2008, a Canção Nova foi reconhecida no Pontifício Conselho para os Leigos. Na ocasião, o Cardeal Stanislaw Rylko afirmou: “Hoje, com certeza, é tempo propício para recordar o nascimento da sua comunidade. Início humilde e tímido, movido, porém, por uma grande paixão missionária: anunciar a Boa Nova ‘até os confins da Terra’, com os meios de comunicação social. Quanta estrada lhes fez o Senhor dos tempos de uma pequena cabana da primeira emissora radiofônica… agora foi substituída por um imponente centro televisivo com sedes em vários países… Quem poderia imaginar? Tudo isso nasceu de um ideal: que a Palavra de Deus fosse anunciada a todas as gentes. Manter um carisma, quer dizer vivê-lo com fidelidade até o fim, com alegria e entusiasmo, sem se deixar levar pela mentalidade do mundo. E também significa colocar o carisma a serviço da Igreja com generosidade e empenho. Somente assim, de fato o passar do tempo não vai disturbar e a vivacidade e a genuinidade do início”.

Dou graças a Deus por todos que fazem parte da nossa história. Alguns doaram a vida e já estão em plena comunhão com Deus. Agradeço aos sócios que fielmente mantém esta obra, suplicando que Cristo Rei do Universo nos conceda todas as graças necessárias para continuarmos correspondendo com a vontade de Deus!

Veja mais:
:: Assista a outros programas “Comece bem o seu dia”
:: Adquira o livro ‘Comece bem o seu dia’

 

↑ topo